Jacky O’Shaughnessy, descoberta nas ruas aos 60!

Jacky O’Shaughnessy, de 63 anos, é modelo, já posou de lingerie e é inspiração para a Aged Fashion Folks! Em 2014, Jacky foi um dos rostos da linha de lingerie da American Apparel, quando foi clicada de sutien e calcinha, of course (foi um dos trabalhos mais comentados da modelo). Em 2012 já havia modelado para a marca, que sempre aposta em campanhas provocativas, mas, na ocasião, posou vestida.

Jacky O'Shaughnessy para American Apparel

A frase “Sexy has no expiration date“, que no português significaria algo como “Sexy sem data de expiração”, acompanhava o retrato da moça nas redes sociais da AA. O pessoal do Fashionista.com arrisca dizer que Jacky deixa muita modelo de pouca idade no chinelo – wow! Em entrevista para o site, Jacky conta que dificilmente encontrava roupas que servissem, pois é altíssima, e revela ainda que já não acreditava que lojas “normais” pudessem vender roupas adequadas para ela. Um companheiro de quarto fez suas roupas na juventude. À respeito da American Apparel, a modelo disse ter encontrado peças bonitas, acessíveis e que servem!

jacky-OShaughnessy

Sabe como a AA descobriu Jacky? Em um café de New York! (Vai que te descobrem também, é bom andar preparado (a). Modelos de cabelos brancos são cada vez mais requisitados.) Foi a partir do trabalho para a marca que a carreira da fashionista decolou.

jacky-OShaughnessy3

jacky-OShaughnessy5

Além de modelar, a nova-iorquina atua e escreve.

Assista ao vídeo de Jacky O’Shaughnessy para o What’s Underneath, um movimento idealizado pelo site Style Like U que incentiva a autoestima e apoia a aceitação pessoal de homens e mulheres de características singulares.

Fotos: American Apparel, Advnced Style, Style Like U e Página oficial de Jacky O’Shaughnessy no Facebook.

Siga-nos no Facebook e no Instagram para acompanhar muitas outras fotos e histórias de homens e mulheres cuja juventude não expira!

Sarah Jane Adams: inspire-se em seu estilo

Traveller, jewellery dealer, individual.

Essa é Sarah Jane Adams [60 anos], uma aged cheia de atitude que nós vamos apresentar hoje aqui na AFF. Também conhecida como Saramai (nome da sua marca de jóias), é uma “viajante, comerciante de joias, peculiar”, como ela mesma se descreve em sua conta no twitter. Comecemos pelo peculiar: Sarah possui uma personalidade particular, de estilo único, mas também muito inspirador. Nós já somos seus fãs – ela está, inclusive, no post 10 ageds fashionistas para acompanhar.

saramai-aged-fashion

Com um estilo despojado chic, Sarah abusa das cores e apresenta em seus looks alguns traços masculinos. Ela mesma já afirmou em uma entrevista para o site “Grey Chic” que as influências para o seu estilo sempre foram meninos – “I’ve always been a tomboy” (“Eu sempre fui um moleque”).

saramai-jelwels

Sarah ainda é designer de joias, e possui uma loja na Austrália, a Saramai. Apaixonada por antiguidades, ela garimpa peças com referências retrô, art deco e georgianas – ousando na mistura com o moderno, como por exemplo, usando tendências e novidades da marca Adidas. Para combinar com seu alto astral, seus looks refletem bom-humor, criatividade e jovialidade. As estampas aqui cumprem seu papel, dando vida – e muitas cores – ao seu estilo.

Sarah-Jane-Adams

Não falta nos looks de Sarah Jane Adams:

  • Adidas é sua marca registrada – presente nos tênis, casacos, camisetas – desde os modelos clássicos até os lançamentos;
  • Estampas e cores, é claro! (Até o preto pode vir com estampas e texturas diferentes);
  • Joias, entre relógios, pulseiras e anéis;
  • Sarah também assumiu os cabelos brancos – e nós amamos!
  • Batom para deixar o look mais marcante – cores preferidas: vermelho, tons de roxo e rosa;
  • Tênis, em sua maioria da marca Adidas, é preferência – e as estampas podem vir aqui também;
  • Sarah também é adepta das botas – mas sem salto e sempre confortáveis.

saramai-style-estilo

Gostou do estilo de Sarah Jane Adams? Você pode acompanhá-la no seu Instagram e Twitter [@saramaijewels]. Aqui na Aged Fashion Folks você também pode ver muitas outras fotos inspiradoras de Linda Rodin e de vários outros nomes da moda. Nos acompanhe também pelas redes sociais: Facebook Aged | Instagram Aged | Canal no Youtube – nelas você pode conferir novidades sobre comportamento e estilo para homens e mulheres com mais de 40.

Fotos: reprodução IG @saramaijewels

“Revival setentinha”: AFF na M MAG Inverno 2015

O mood “setentinha” está mais forte do que nunca. A década mostrou as caras nos desfiles primavera-verão e norteia agora a moda inverno 2015. As golas rolês, as estolas de pele e as calças boca-de-sino já marcaram diversas coleções passadas, mas parecem agora ter ainda mais vigor. As coleções Fall-Winter 2015/2016, apresentadas em fevereiro nas passarelas internacionais, carregam o espírito livre e descomprometido da época, inclusive! – A intuição dos estilistas brasileiros, então, estava certa!

Dentre os nomes que mais marcaram o estilo de vida – e de vestir – da época estão Jane Birkin, Françoise Hardy, Rachel Welch, Brigitte Bardot, Barbra Streisand e Meryl Streep. Se fossemos listar todas as influenciadoras da década, a lista seria maior com certeza. Hoje, tais musas estão na casa dos 60, 70 e 80 anos de idade; e continuam com vidas bem ativas.

Jane (68 anos), atriz e cantora inglesa que viveu na França, inspirou a primavera-verão Louis Vuitton e virou referência geral, inclusive para os invernos (de norte a sul). Com seu ar atrevido e andrógino, a musa foi parte atuante da revolução sexual dos anos 60/70, gerou polêmica por seu relacionamento com o boêmio Serge Gainsbourg (muito feio, de acordo com as sinceras línguas) e se transformou numa verdadeira influenciadora (mesmo usando camisa masculina com cara de “dormi na casa do namorado”). Veio dela a camisaria, a bota de cano alto com casacão fechado ou vestido acima do joelho, a calça flare e o boho chic com chapéu de feltro.

Moda anos 70 no inverno 2015

Mas por que é que o espírito “livre” está em revival agora? Alguns profissionais da moda e das artes, como Luisa Pimenta (estilista da Mork), Karla Seabra (gerente de divisão Estilo e visual merchandiser da Marisa), Priscilla Simões (estilista da Lebôh) e Dennis Nothdruft (curador-chefe do museu londrino) concordam: o mundo atual está passando por mudanças, assim como na década de 70. Em entrevistas para os portais BBC Culture e UOL Mulher, entre fevereiro e março deste ano, os profissionais declararam que uma nostalgia está sendo revivida e a antiga busca por liberdade tem vindo à tona. O período foi marcado por recessão econômica, crise do petróleo, por ideias progressistas; foi um momento da história em que os jovens se reuniram para contestar e para protestar por seus anseios – mera coincidência? O cenário social, político, econômico e cultural de qualquer região está diretamente ligado ao jeito de se portar e vestir da sociedade. Através da moda, as pessoas conseguiam – e ainda conseguem – mostrar atitudes e convicções.

É claro que o estilo se reformulou, afinal já se passaram 40 anos; e é assim que funciona. Os elementos que mais marcaram o visual da época hoje aparecem, às vezes, fragmentados e combinados a outros. Permanece a essência: o boêmio, o hippie, o dândi, o disco e tendências que representam a valorização das experiências humanas, a recuperação do feito à mão, o romantismo e a fuga da saturação tecnológica e digital.

Leia mais:

Moda anos 70 no inverno 2015

Jaque Roeher, uma das idealizadoras da Aged Fashion Folks, para a M MAG – Inverno 2015.

Jordana e Maria João Brewster na nova campanha da Pond’s

A nova campanha da centenária Pond’s está muito amor! Jordana Brewster, uma das protagonistas da franquia Velozes e Furiosos, é o novo rosto da marca de cosméticos. Logo em sua primeira campanha ela conta com uma participação muito especial: sua mãe, Maria João Brewster. 

Maria João nasceu no Panamá, mas viveu por quatro anos no Brasil! A ex-modelo brasileira já é avó, mas não revela sua idade – e a sua aparência dificulta a adivinhação. Até hoje ela é a única modelo brasileira a ter sido capa da famosa edição roupas de praia da revista Sports Illustrated de 1978. Em uma entrevista recente, disse que não se importa em ser mais conhecida agora como a mãe de Jordana Brewster – lembrando que a atriz está nas telonas com o filme Velozes e Furiosos 7.

Jordana e Maria João Brewster

Curiosidade – Maria João contou que até hoje conversa com Jordana em português, idioma oficial de todas as conversas em sua casa! As duas estão lindas juntas na campanha e mostram uma sintonia incrível, não acham?

Jordana e Maria João Brewster na nova campanha da Pond's

Confira alguns dos vídeos lançados pela Pond’s, em que em que elas conversam sobre a relação das duas, e também sobre algumas dicas de beleza!

My mom is here to help me break the news: I’m the new face of Pond’s!  (Minha mãe está aqui para me ajudar a dar a notícia: eu sou o novo rosto da Pond’s!)

Oh my gosh, my mother is really, really stunning! (Caramba, minha mãe é realmente deslumbrante!)

Siga-nos também no Facebook e no Instagram e fique por dentro de outras novidades.

Fotos: divulgação

Erwin Olaf: projeto Maturidade

Para nós do Aged Fashion Folks, estilo não envelhece – e sensualidade também não! E o projeto Mature (Maturidade), do fotógrafo holandês Erwin Olaf, procura representar justamente esta ideia.

Retratar questões sociais e tabus é marca registrada de Olaf, sempre preocupado com a composição e em manter um estilo visual sofisticado e conceitualmente provocativo. O fotógrafo possui trabalhos variados, incluindo editoriais de moda. Já trabalhou com muitas modelos internacionais mais jovens, mas no projeto Maturidade questiona a ideia de que a sensualidade só pode ser associada com a juventude fotografando mulheres com mais de 70 anos.

Projeto Maturidade

Erwin Olaf buscou reproduzir nas fotos símbolos sexuais já famosos, mas que até então não haviam sido explorados dessa maneira. Ele buscou inspiração nas conhecidas pin ups: as poses, os looks mais ousados, os cenários, a maquiagem e os penteados fazem referência a esse estilo, muito bem representado pelas ageds clicadas do editorial.

Projeto Maturidade

Segundo uma reportagem publicada em 2001 no site do The New York Times, Olaf trouxe para o seu trabalho as pin ups de Alberto Vargas, um importante pintor peruano conhecido por desenhar mulheres símbolo da sensualidade. No entanto, o ensaio pode ser um divisor de opiniões. Alguns podem considerá-lo inadequado, inclusive. Agora, se você concorda que as mulheres podem ser o que quiserem, independente da idade, compartilhamos da mesma opinião! O ensaio é sensacional, inovador e muito criativo!

Projeto Maturidade

Siga-nos também no Facebook e no Instagram e acompanhe outros ensaios e tendências. Você irá encontrar ainda dicas de estilo, moda e comportamento para homens e mulheres com mais de 40 anos. 

Fotos: Erwin Olaf

Idiosyncratic Fashionistas

O blog americano “Idiosyncratic Fashionistas” é um dos queridinhos aqui da AFF, e hoje vamos apresentá-lo pra vocês! Traduzindo para o português temos “Fashionistas Idiossincráticas”, que diz tudo sobre a proposta das Nova-iorquinas Jean e Valerie.

  • Idiossincrático significa: pessoal, particular, peculiar, relativo ao modo de ser de cada pessoa.

Estas duas fashionistas realmente têm um estilo único de ser, de vestir, e resolveram mostrar tudo isso em um blog, que, como elas mesmas descrevem, é feito para mulheres de uma certa idade -“women of a certain age. Demais, não?

Idiosyncratic Fashionistas

O estilo das bloggers é inusitado e divertido, carregadíssimo de atitude! Elas exploram e garimpam roupas e acessórios em lojas, mostrando tudo no blog. Para Jean e Valerie, envelhecer graciosamente é um conceito ultrapassado, o negócio mesmo é envelhecer com vivacidade - as duas não medem esforços para representar essa afirmação em seus looks. Fica tudo documentado no Idiosyncratic Fashionistas.

Para o site Style Caster, Jean ainda afirma: We’re not dead and we’re not invisible” – Nós não estamos mortas, e nós não somos invisíveis. – UAU!

Não falta nos looks de Jean e Valerie:

  • Óculos incríveis
  • Colares, anéis, brincos, pulseiras – muitas pulseiras
  • Texturas, estampas e cores
  • Preto básico
  • Chapéus - dos mais criativos aos mais elegantes
  • Modelagens diferenciadas
  • Saltos flats/ retos
  • Batons marcantes
  • Destaque ainda para os cabelos brancos, que as duas adoram! We embrace our gray hair, while sharing the playground nicely with our younger siblings.” – Nós abraçamos nossos cabelos grisalhos enquanto compartilhamos muito bem o cenário com os mais novos.

Idiosyncratic Fashionistas

Além de espiar o blog, você pode acompanhar o Idiosyncratic Fashionistas no Instagram [@idiosyncraticfashionistas].

Vídeo [Tradução Aged Fashion Folks]

Assista ao vídeo em que Jean e Valerie divulgam o blog. Dá pra curtir moda, estilo e dar muita risada! Traduzimos para o português – não esqueça de ativar a legenda no próprio vídeo:

Produção: Bib + Tuck
Vídeo: Sarah Tricker
Música: ‘Police and Thieves’ do The Clash
Figurino: Idiosyncratic Fashionistas
Tradução: Pedro Da Ré / Aged Fashion Folks

Você pode ver este e outros vídeos em nosso Canal no Youtube – aproveite e inscreva-se para acompanhar os próximos! Nos acompanhe também pelas redes sociais: Facebook Aged | Instagram Aged – nelas você pode conferir novidades sobre comportamento e estilo para homens e mulheres com mais de 40.

Workwear feminino [inspirado no masculino]

Já ouviu falar em “workwear masculino”? Não estamos falando dos clássicos “looks para ir ao trabalho”, como terno e gravata. As peças que compõem o estilo de vestir que leva o nome são inspiradas nos antigos trabalhadores “braçais” – fazendeiros, mineradores, funcionários nas indústrias e militares do início do século 20. No post “Workwear: mais do que uma tendência” você pode conferir os detalhes. Por enquanto você não vai encontrar visuais clássicos por aqui (mas em breve falaremos sobre o tema).

A ideia é apostar em um workwear feminino” inspirado neste “workwear masculino”. As composições podem ficar incríveis, não tenha medo de arriscar. Seguindo um pouco a linha “tomboy” – um guarda-roupa feminino com elementos do guarda-roupa masculino, sugerimos que você use e abuse dos jeans, das camisas, do xadrez, do couro e das botas.

Couro

O couro, além de remeter ao visual pesado rock’n’roll, faz referência ao material resistente utilizado pelos trabalhadores braçais. Use jaquetas, botas e aposte nas calças, que são um tanto ousadas para looks masculinos, mas perfeitas para composições femininas. Linda Rodin, que tem um estilo elegante-criativo, sabe como variar entre visuais sofisticados e casuais-simples. Falamos sobre o estilo da musa, que aparece na primeira foto abaixo, no post “Inspire-se com o estilo de Linda Rodin“.

workwear-style-fashion-mulheres

Jeans

O jeans é clássico! Super utilizado nos uniformes dos marinheiros e dos mineradores norte-americanos em seu formato mais bruto, como o brim, é um dos materiais mais requisitados pela indústria da moda no mundo todo. Vale optar por diversas lavagens, como a acid, bem clara e manchada; a destroyed, caracterizada por pontos “corroídos” e destruídos; o velho brim, bem escuro; o denim, entre outras. Use calças, camisas, jaquetas e até acessórios feitos em jeans.

workwear-style-fashion-mulheres-jeans

Xadrez

Tire do armário a camisa xadrez que você usa apenas nas festas juninas e arrisque-se no workwear com mais frequência. A estampa está entre os elementos mais marcantes do estilo, justamente por lembrar os trabalhos braçais do campo. As de flanela são as mais usadas, perfeitas para dias frios. As camisas naturalmente conferem um visual mais distinto, e se forem de estampa xadrez, deixarão o look mais marcante e ousado  – então se joga! Se não quiser abusar das estampas logo de cara, as camisas lisas, aliadas ao jeans e ao couro, também resultam em combinações interessantes.

look-xadrez-workwear-mulheres

Botas

Para os pés, as botas podem finalizar o look. Os homens usam as “work boots” para marcar ainda mais o estilo despojado, característico do workwear. Já as mulheres podem apostar nas botas sem salto e de cano curto ou médio. O coturno e as botas biker (aquelas de cano menor, mais solto, com tachas e fivelas, em um estilo mais rock, como a que aparece na foto abaixo à direita) também podem fazer farte do seu visual. Elas super combinam com o estilo e dificilmente deixarão de estar em alta. Combine-as com os elementos anteriores e você terá um look inspirado no workwear masculino completo – e de muita atitude!

workboots-workwear-style

Siga-nos também no Facebook e no Instagram. Por lá você pode acompanhar muitas outras fotos inspiradas no estilo. Fique de olho ainda em nosso site, aqui você ficará por dentro das novidades e tendências, além de conferir outros posts para repaginar seu estilo de vestir!

Fotos: reprodução

Helen Mirren: o novo rosto da L’oréal Paris

Bonjour Folks!

Helen Mirren [69 anos] é a estrela da nova campanha da L’Oréal Paris, com muita classe e poder! A primeira vídeo-campanha já está no ar, e apresenta um creme voltado para peles maduras. Com um toque de humor, Mirren demonstra em suas atitudes que não tem problemas com a idade e vai convencer as espectadoras que elas podem sim “mostrar para as manchas de idade quem é que manda”. Uau, não? Mirren está incrível, do começo ao fim – em especial no final com um batom vermelho arraso!

helen-mirren-l'óreal-campanha

Helen é uma atriz britânica com um currículo e tanto. Já ganhou o Oscar de Melhor Atriz em 2007 pelo longa “A Rainha”, e estrelou filmes como “Hitchcock”, “RED (1 e 2)”, “Intrigas de Estado”, entre muitos outros.

Assista agora ao vídeo-campanha da L’Oréal Paris com Helen Mirren:

Jessica Lange, 65 anos

Alguns sites já anunciaram a chegada de Jessica Lange – a “bruxa suprema” da série American Horror Story – no Brasil. A atriz vem para inaugurar oficialmente a exposição “Jessica Lange: fotógrafa”! Quem esperava?

Saiba mais sobre a diva de 65 anos, que foi sex simbol na década de 70:

Jessica Lange

Jessica LangeJessica com visual super dark nos bastidores da série na qual é protagonista.

Jessica Lange trabalhosNa capa da Revista Elle em 2014 e, à direita, atuando [nem parece a mesma pessoa].

Jessica LangeDesprevenida em fotos street style!

Jessica LangeVestida para os tapetes vermelhos.

Jessica Lange no BrasilJessica clicada ontem – 10/02 – por fãs paulistas [Instagram].

A atriz e fotógrafa norte-americana preza pela casualidade e, diversas vezes, por visuais normcore, que não seguem “tendencinhas”. São looks confortáveis, mas que não deixam de ter bom gosto. É simples, mas autêntica.

Uma curiosidade: Jessica não gosta de ser fotografada, há boatos de que odeia selfies! Ah, ela ama o México, país que considera cinematográfico e teatral.

Aqueles que quiserem conferir a exposição, podem visitar o Museu da Imagem e do Som, em São Paulo, entre os dias 11 de fevereiro a 5 de abril.

Mais informações (via Glamour/Globo):

  • Horários: terças a sextas, das 12h às 21h; sábados, das 10h às 22h; domingos e feriados, das 11h às 20h
  • Valores: R$ 6,00 (inteira) e R$ 3,00 (meia)
  • Museu da Imagem e do Som: Avenida Europa, 158, Jardim Europa, São Paulo | (11) 2117 4777
  • Originalmente intitulada “Unseen” (não visto, em tradução livre), a exposição “Jessica Lange: Fotógrafa” é composta por 135 fotografias e 12 folhas de contato, todas em preto e branco. Formada por imagens feitas nos últimos 20 anos com uma câmera Leica M6, que ela ganhou do ator, diretor e escritor Sam Shepard, as fotos são organizadas em duas séries: “Coisas que vejo” e “México”.

Para continuar acompanhando, siga a Aged Fashion Folks: Facebook Aged | Instagram Aged.  Pelas redes sociais você pode conferir outras imagens e inspirações para homens e mulheres com mais de 40 anos.

Fotos: reprodução

Carmen Dell’Orefice: ‘That’s not my age’

Hi Folks!

Para dar continuidade a nossa série de posts sobre modelos com mais de 40 anos - você pode (re)ler também sobre Eveline Hall e Aiden Shaw -, não poderíamos deixar de escrever sobre a clássica e mais famosa do ramo, Carmen Dell’Orefice.

Carmen Dell'OreficeCarmen Dell'Orefice

Carmen nasceu em junho de 1931, e aos seus 13 anos, quando estava a caminho da aula de balé, foi descoberta. Já aos 15 anos, assinou contrato com a revista Vogue americana. Até então não parou mais, e com 83 anos é considerada a modelo com mais idade no mundo e que ainda trabalha constantemente em editoriais e desfiles. Esta longa carreira também teve alguns altos e baixos. Nos anos 60 Carmen chegou a se aposentar, mas para a sorte do mundo da moda, acabou voltando aos cliques! Teve ainda participações especiais como atriz em filmes de Martin Scorcese e Woody Allen.

Carmen Dell'Orefice

Com o passar dos anos, Dell’Orefice adquiriu experiência e uma postura perfeita, fotografando para os principais fotógrafos do ramo e estrelando campanhas para marcas como Dior, Chanel e Rolex. Em 2013 foi destaque do editorial Be In Shape Ever da Vogue Itália, onde atuou com modelos mais jovens. Sob os cliques de Greg Lotus, as coadjuvantes se apresentam com os cabelos brancos, assim como as respeitosas madeixas de Carmen.

Carmen Dell'Orefice

Carmen é a cara do luxo e não se intimida com a idade – muito pelo contrário. Em entrevista a revista You, ela conta que passou a se sentir profissionalmente melhor ao chegar à terceira idade do que quando era mais jovem. Não é a toa que assumiu, e com muita classe, os cabelos brancos. Ela confessa ainda ter mais capas nos últimos 15 anos de carreira do que em todos os outros.

Carmen Dell'Orefice

Sem dúvidas, Carmen Dell’Orefice é uma musa cheia de classe e um grande exemplo de inspiração. Então, aí vai mais uma curiosidade da nossa diva preferida: a modelo confessou sua filosofia à revista Vanity Fair, para a qual disse “Quando morrer estarei de salto alto”.

Mais duas frases by Carmen que a gente adora:

  • “That’s not my age” – Essa são é minha idade;
  • “I won’t need a time machine, because my glamour will transcend age” – Eu não vou precisar de uma máquina do tempo, pois meu glamour irá transcender a idade.

Siga-nos também no Facebook e no Instagram. Por lá você poderá acompanhar mais fotos de Carmen Dell’Orefice e de outras modelos, que mesmo com mais de 40 anos, ainda dominam o mundo da moda.

Fotos: reprodução e divulgação